São José de Ribamar e Raposa: o que fazer nesses destinos turísticos?

4 minutos para ler
Powered by Rock Convert

Em uma cidade, a qual leva o nome do padroeiro do estado, é possível fazer um passeio histórico e religioso. Em outra, você encontra um corredor de rendeiras, para apreciar peças confeccionadas pelas próprias moradoras, e um “aperitivo” do que são os lençóis maranhenses. Estamos falando, respectivamente, de São José de Ribamar e Raposa.

Essas duas cidadezinhas ficam a poucos quilômetros de São Luís, de onde você pode alugar um veículo ou contratar um serviço de transfer para chegar até elas. Dá para conhecer os dois locais no mesmo dia, mas é preciso ficar ligado na maré alta para conseguir passear de barco sobre o “braço de mar” situado em Raposa.

Juntamente com a capital do estado maranhense e Alcântara, São José de Ribamar e Raposa fazem parte da ilha de São Luís. Está curioso para saber o que encontrar por lá? Neste post, vamos mostrar quais são os principais atrativos dessas duas pequenas cidades. Veja!

Estátua de José e o menino Jesus

Situada no centro de São José de Ribamar, a estátua de José e o menino Jesus pode ser melhor observada ao subir uma rampa não muito longa e em forma de espiral. Do alto, você ainda pode contemplar a bela paisagem da Baía de São José e algumas praias dos arredores.

Gruta de Lourdes

A pequena Gruta de Lourdes fica localizada ao lado da estátua — e basta descer a rampa para vê-la. Dentro dela, ficam as imagens das santas padroeiras. Os turistas costumam amarrar pulseirinhas nas grades, as quais são comercializadas por vendedores locais.

Colônia de pesca

Em Raposa, fica a maior colônia de pesca do Maranhão. Não é à toa que grande parte dos habitantes é pescador e garante o sustento da família por meio da atividade. Logo, vale a experiência de passar pelo local e observar o dia a dia de trabalho dos moradores.

Restaurante O Capote

No restaurante O Capote, em Raposa, são servidas as comidas típicas e saborosas da região. A dica é pedir camarão grelhado com arroz de cuxá. Um vinagrete e uma farofa, bem como feijão com quiabo e arroz branco, podem ser incluídos no menu. Só de ouvir falar dá água na boca, não é?

Corredor das rendeiras

O corredor das rendeiras é formado por uma variedade de lojinhas com rendas de bilro, feitas pelas mulheres que habitam Raposa. Entre as opções, muitas peças de diferentes cores são perfeitas para ser usadas na praia. De quebra, você poderá levar para casa itens únicos e diferenciados.

Passeio de barco

O passeio de barco em Raposa é feito em um trecho chamado de “braço de mar”. A sensação é de estar navegando sobre um rio, porém a água é salgada. O barco balança muito pouco, e dele é possível avistar a bela vegetação de mangues e os caranguejos vermelhos.

Caminhada pelas dunas e banho de mar

Outro atrativo imperdível em Raposa é a caminhada pelas dunas. Embora elas não sejam tão altas e imensas como as dos lençóis maranhenses, são um bom “aperitivo” para quem vai passar pela região. O local é apelidado de “fronhas do Maranhão”. Cercada pelas montanhas de areia, está a bela praia de Carimã, praticamente deserta e quase intocada. Impossível é resistir a um mergulho.

Gostou de conhecer os atrativos de São José de Ribamar e Raposa? Quando passar por essas cidades, não deixe de combinar a visita a outros pontos da região, como a histórica e charmosa Alcântara e os magníficos e surpreendentes lençóis maranhenses, é claro. Para que sua viagem seja perfeita, conte com o auxílio de uma agência especializada no turismo da região.

Agora que você já sabe o que fazer em São José de Ribamar e Raposa, que tal começar a montar seu roteiro para os destinos mais incríveis do país? Acesse nosso site e consulte as opções já!

Você também pode gostar

Deixe um comentário