Quais as maiores vantagens de visitar praias desertas?

10 minutos para ler
Powered by Rock Convert

Nada como bons dias de areia, sol, praia e muito descanso, não é mesmo?! Porém, ir a lugares com esses atributos nem sempre significa calmaria. O Brasil é famoso pelo seu litoral e, por isso, muitas das cidades praianas são atrações o ano todo, recebendo muitas pessoas e se tornando sinônimo de agitação e badalação. No entanto, você já pensou em visitar praias desertas?

Às vezes, o desejo de fugir dos grandes centros não é concretizado quando encontramos tanto agito nas praias mais buscadas pelos turistas. É por isso que visitar praias mais reservadas pode ser uma boa opção para quem quer curtir o pé na areia e fugir um pouco do movimento.

Espalhadas pelo País, elas ainda não são tão exploradas, já que o número de turistas é inferior. Além disso, costumam ser mais afastadas, com um acesso mais complexo. Mas acredite: vale a pena se aventurar para encontrar uma praia como essa — linda, com mar limpo, pouca gente, muito sossego e calmaria para a sua experiência.

Já que o litoral brasileiro é tão cheio de belezas, não faltam praias desertas para visitar. Confira com a gente algumas dessas maravilhas! Quem sabe alguma delas não se torna seu próximo destino de viagem?

Bonete (SP)

Nem só de agito vive SP! Bonete fica no litoral norte de São Paulo, em Ilhabela. É considerada uma das praias mais bonitas do País. Visitar esse lugar é como uma viagem no tempo, já que na pequena comunidade não existe energia elétrica ou sinal de celular.

O acesso até o local se dá por meio do mar ou por 12 km de trilha, um dos atrativos da região. Durante o percurso, é possível caminhar pela Mata Atlântica, além de encontrar mirantes e cachoeiras pelo caminho. A trilha é longa, mas as belezas da paisagem e de Bonete recompensam qualquer viajante.

Para chegar pelo mar, é preciso pegar a balsa que sai da cidade de São Sebastião até Ilhabela, onde você deve ir de barco até Bonete. Caso você decida caminhar, deve chegar a São Sebastião e pegar a balsa até Ilhabela, depois procurar um ônibus que passe pela SP-131, em direção a Borrifos, e descer em Ponta Sepituba, onde se inicia a trilha de 3 a 5 horas até o destino.

Carro Quebrado (AL)

Localizada a 40 km de Maceió, a Praia do Carro Quebrado fica no município de Barra do Santo Antônio. Ainda não muito conhecida pelos turistas, é possível notar muita preservação ambiental no local. Para chegar lá, é recomendado ir de bugue pela areia ou com um veículo 4×4 pela estrada.

Carro Quebrado é famosa por suas falésias, em que há pontos de acesso para a subida. Vale a pena se aventurar, ver tudo de cima e encontrar o mirante. Aproveite também para relaxar e curtir o lindo pôr do sol de maneira praticamente exclusiva.

Para chegar à praia, é preciso ir de carro até Barra de Santo Antônio pela AL-101. Ao chegar na cidade, é só seguir as placas que indicam a direção para o local.

Galinhos (RN)

A cidade de Galinhos está a 170 km de Natal, no Rio Grande do Norte. Para chegar à praia, é preciso deixar o carro no porto de Pratagil e seguir de barco até o povoado. O vilarejo rústico tem charretes e bugues como opções de transporte, além de praias isoladas e desertas, que surgem e desaparecem com a maré.

A cidade é um local perfeito para relaxar e curtir dias de sossego. Uma das suas atrações é o manguezal, que ocupa grande parte do litoral e é repleto de ostras, caranguejos e aves.

Além disso, você não pode visitar Galinhos sem mergulhar nas belas piscinas naturais de águas quentes na Ponta do Farol. Isso tudo faz dessa praia uma opção crucial dentro dos seus planos de visitar praias desertas!

Boipeba (BA)

Boipeba é mais que uma praia deserta, ela reserva uma ilha inexplorada no litoral baiano. Com 20 quilômetros de extensão, resiste às intervenções humanas e é um local rústico. Para chegar lá, é necessário um passeio de barco, repleto de natureza, vegetação e mar cristalino.

A Ilha de Boipeba está localizada no Arquipélago de Tinharé, no baixo Sul Baiano. É cheia de beleza e perfeita para passar os dias de descanso em meio à natureza. Não vão faltar corais, piscinas naturais e diversidade de fauna e flora.

Uma dica importante para quem vai visitar esse paraíso: leve dinheiro, já que na ilha não há bancos nem caixas eletrônicos.

Icaraí de Amontada (CE)

Mesmo na badalação turística do Ceará, é possível encontrar e visitar praias desertas e paradisíacas. Esse é o caso de Icaraí de Amontada, que fica a 220 km de Fortaleza. É um destino certo para quem quer descanso e sossego.

A vila de pescadores é perfeita para os calmos banhos de mar ou piscinas naturais, trilhas e práticas de windsurf ou kitesurf. Icaraizinho, como é conhecida, oferece diversas opções de pousadas e restaurantes com culinária litorânea. Para chegar de carro, é preciso dirigir pela BR-222 até Umirim e, depois, seguir pela CE-402 até o destino final.

Barra dos Remédios (CE)

O Caribe cearense não pode ficar de fora dos seus planos! A Barra dos Remédios é perfeita para os amantes da natureza, pois conta com piscinas naturais e mar calmo, que parece um rio. O local não é tão visitado, devido à sua dificuldade de acesso.

Nesse lugar não há locais de hospedagem, por isso, os turistas devem ficar em Camocim. Além disso, como não há infraestrutura, é preciso levar comida e bebida.

Localizada a 360 km de Fortaleza, os visitantes por ir de carro por meio da BR-402 ou pela CE-085. As distâncias são praticamente as mesmas, mas o caminho pela estrada estadual faz o trajeto pelo litoral.

Para chegar à praia, é preciso contar com um bugue ou um carro 4×4. Pode ser interessante alugar um veículo para fazer o trajeto. Apesar da dificuldade, a beleza do cenário compensa a viagem!

Praia de Atins (MA)

Famoso pelos Lençóis Maranhenses, o Maranhão também abriga paraísos ainda não tão explorados pelos turistas. É o caso da Praia de Atins, próxima ao município de Barreirinhas. A praia tem paisagem única, com dunas, mangues e restinga. Para chegar até lá, você precisa ir para Barreirinhas e seguir de carro ou barco.

No vilarejo em que o tempo passa devagar, a prática de kitesurf é a grande atração, graças aos bons ventos locais. Vale a pena se arriscar! Também é legal passear pelas lagoas e fazer um passeio de lancha para ver o pôr do sol, com belos pássaros que recobrem a região. 

Quem está saindo de São Luís deve pegar a BR-135 ou a MA-402 até Barreirinhas. Chegando lá, o acesso a Atins se dá por meio do mar, com a voadeira, um barco que pode ser fretado. Também é possível optar por um passeio que vai até Carubé e falar com o barqueiro para descer na praia de Atins. Outra alternativa é contratar um dos motoristas que ficam próximos ao Mercado Central para fazer o translado.

Barra Grande (PI)

Mesmo com o menor litoral brasileiro, o Piauí reserva belas paisagens, como a que você encontra em Barra Grande, vila a cerca de 400 km de Teresina. Com suas praias extensas e desertas, o local convida o viajante a caminhar tranquilamente sob a areia fofa do ambiente.

Barra Grande é conhecida pelo seu vento forte, tranquilidade e mar cristalino e azul. Um dos famosos passeios da região é a rota do cavalo-marinho, que começa em uma carroça, na praia. Após três quilômetros, o turista chega ao manguezal e embarca em uma canoa.

Para ir de carro, é preciso seguir pela BR-343 até Parnaíba. Depois, percorrer mais 75 km até Barra Grande. Quem optar pelo ônibus pode pegar um transporte que faz a linha Teresina/Parnaíba. Após, é só pegar outra condução até o destino.

Praia de Bitupitá (CE)

Localizada em Barroquinha, no Ceará, a Praia de Bitupitá conquista os visitantes com a sua faixa de areia escura e as belezas naturais. Essa é a praia mais selvagem e a mais movimentada da cidade durante o ano, principalmente no carnaval. Ao chegar lá, os turistas vão encontrar infraestrutura turística de pequeno porte, uma vila de pescadores e um farol.

Para chegar ao local, os visitantes que optarem por ir de carro devem pegar a estrada CE-085, com sentido à cidade de Barroquinha. Depois, é preciso percorrer mais 27 km de estrada até a praia. Quem quiser ir de ônibus pode pegar uma linha que diariamente realiza o transporte entre Barroquinha e Fortaleza. Para ir à praia, é preciso pegar algum transporte alternativo.

Praia do Paiva (PE)

Escolhida como refúgio pelos próprios pernambucanos, a Praia do Paiva é o destino ideal para quem deseja um lugar sossegado e quer fugir dos dias estressantes. Nesses casos, ela não pode ficar de fora do roteiro de viagem! As águas são um pouco fortes, por isso, os surfistas procuram o lugar para praticar o esporte. Como o local é mais quieto, não há muita infraestrutura para os turistas. Assim, é ideal que você leve alimentos e bebidas.

Para chegar à praia de carro, é preciso percorrer uma distância de 28,3 km, que podem ser feitos pela BR-101 ou pela PE-009. A segunda opção levará você pelo caminho beira-mar. Quem optar por ir de ônibus levará duas horas para chegar ao destino. Para se hospedar, é possível ficar em Recife ou em Cabo de Santo Agostinho.

Baía das Caraúbas (CE)

Localizada em Camocin, a cidade oferece diversas opções de lugares para serem descobertos. Ela é ideal para realizar atividades ao ar livre, visitar as dunas e também praticar o kitesurf. A região conta com infraestrutura para receber os turistas. Durante o dia, o local é ponto de encontro para os velejadores. À noite, é ideal para encontros românticos.

A baía dispõe de hotéis e restaurantes locais para receber todos os visitantes. Para realizar os passeios, é recomendado utilizar o bugue. Camocim fica a 460 km de Fortaleza. Para chegar ao local, você deve dirigir pela BR-222 até a cidade de Caucaia e pegar a CE-085, no sentido da cidade de Granja. Depois, siga pela BR-402 até Camocim. A baía fica a 10 km de distância do centro da cidade.

Depois de ler tudo sobre esses lugares, você consegue entender quais são as vantagens de visitar praias desertas, não é mesmo? Destaca-se que, devido à localização de alguns desses locais, você ainda pode aproveitar e conhecer outros lugares da Rota das Emoções.

Nós oferecemos os melhores serviços e pacotes para quem quiser embarcar nessa rota. Quer saber outros detalhes dessa opção de turismo? Então, aproveite para ler agora mesmo nosso texto sobre a Rota das Emoções.

Você também pode gostar

Deixe um comentário