Saiba como planejar um off-road pela Trilha das Emoções

4 minutos para ler
Powered by Rock Convert

Quer fazer um off-road pela trilha das emoções? Para encarar o roteiro de estradões e ter o privilégio de passar por caminhos formados por mata fechada, areia, terra, lagoas, praias e dunas, é preciso se planejar antes. Toda a maratona é percorrida em UTVs e quadriciclos, conduzidos pelo próprio turista ou por guias.

A trilha das emoções começa em Jericoacoara, no Ceará, passa pelo litoral piauiense, na região do Delta do Parnaíba, rumo ao Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses, no Maranhão. Ao todo, são 187 quilômetros de extensão. Porém, por ora, o trecho liberado para os viajantes e trilheiros concentra-se no Piauí e tem 66 quilômetros.

Neste post, vamos mostrar as principais informações que você precisa saber antes de se aventurar em um off-road pela trilha das emoções. Acompanhe!

Onde passar durante o off-road pela trilha das emoções?

Os trechos do off-road pela trilha das emoções nos estados do Ceará e do Maranhão ainda estão em definição. Porém, no litoral do Piauí, o roteiro está completamente pronto e já pode ser realizado. O trajeto inicia na área rural de Cajueiro da Praia e se estende até o Delta do Parnaíba.

Ao realizar a trilha das emoções no estado piauiense, os turistas terão a oportunidade de conhecer lugares como a Praia de Macapá, com suas dunas que podem chegar a 80 metros de altura, e a lagoa do Sobradinho, em Luís Correia. Eles passarão, também, pelos Tabuleiros Litorâneos, na Parnaíba, e pelos Lençóis Piauienses, na Ilha Grande.

Quais são os principais atrativos do roteiro?

Além das praias, das lagoas, da rica vegetação e das imensas dunas do litoral nordestino, a fauna diversificada merece destaque. Durante o off-road pela trilha das emoções, os turistas têm a chance de observar diversas espécies de animais, principalmente aquelas que vivem nas águas.

Powered by Rock Convert

Em um passeio de barco com os pescadores locais, você pode chegar ao estuário Timonha e Ubatuba de Cajueiro da Praia, onde há um museu e funciona o projeto de conservação do peixe-boi marinho. Além dessa espécie, é possível encontrar por lá cavalos-marinhos e, até mesmo, tartarugas.

Aproveite para ver também, do alto de uma torre de observação, a belíssima revoada dos guarás. Essas aves pintam o céu azul de vermelho, formando uma paisagem incrível e, ao mesmo tempo, peculiar. Esse mesmo espetáculo da natureza pode ser contemplado no Delta do Rio Parnaíba.

O que levar na mochila?

Quem for fazer o off-road pela trilha das emoções não pode se esquecer de incluir alguns itens importantes na mochila. São eles:

  • protetor solar;
  • óculos de sol;
  • chapéu ou boné;
  • garrafinha de água;
  • kit farmácia e primeiros socorros;
  • roupas leves, de preferência com filtro UV;
  • toalha e canga.

Quais cuidados precisam ser tomados?

Planejar a viagem é o melhor cuidado a ser tomado para que tudo saia perfeito. Além disso, precisamos chamar a atenção para outro fator: os trechos com dunas, como na área em que estão localizados os lençóis piauienses, requerem cautela. A areia muda constantemente de lugar, o que pode causar perda de rota.

Ao realizar o off-road pela trilha das emoções, a recomendação é baixar o mapa para uso no GPS, caso você opte pelo trajeto de forma independente. Porém, para quem não tem o hábito de fazer esse tipo de percurso ou não conhece muito bem a região, o conselho é contar com o auxílio de guias locais, a fim de evitar imprevistos.

E então, gostou das dicas para fazer o off-road pela trilha das emoções? Se pretende percorrer um dos trajetos mais belos do mundo, não deixe de procurar por uma agência especializada no turismo da região. Assim, o seu roteiro será montado do jeito perfeito, e você aproveitará plenamente todo o período da viagem.

Agora que sabe como planejar um off-road pela trilha das emoções, aproveite para disseminar as informações aos seus contatos. Compartilhe este post em suas redes sociais já!

Você também pode gostar

Deixe um comentário