Parque da Serra da Capivara: roteiro, como chegar e o que fazer

Dicas para montar um roteiro na Serra da Capivara
14 minutos para ler

A Serra da Capivara é um destino incrível!

Localizada no sul do Piauí, a Serra possui a maior coleção de arte pré-história ao ar livre do planeta, exposta no parque nacional da região.

Vale a pena montar um roteiro na Serra da Capivara para conseguir conhecer a região, visitar o parque nacional e ainda emendar o passeio com uma visita ao Delta do Parnaíba, e fechar a viagem com chave de ouro.

Quer montar um roteiro e ter uma experiência incrível? Continue a leitura e confira nossas dicas!

O que é o Parque da Serra da Capivara (PI)?

serra-da-capivara

Trata-se de uma enorme área de proteção ambiental, com cerca de 100 mil hectares e com uma fauna e flora específica da caatinga nordestina. Mas suas belezas vão ainda mais além. As formações geológicas, entre serras, rochas, vales e planícies, fazem da Serra da Capivara um verdadeiro tesouro natural e de muito orgulho para qualquer brasileiro.

Em 1991, o Parque da Serra da Capivara (PI) ganhou também o reconhecimento da Unesco de Patrimônio Cultural da Humanidade. Entretanto, não pense que esse título se deu apenas pelos seus atrativos naturais.

Todo o valor histórico e cultural está — literalmente — registrado em suas formações rochosas e escondem um verdadeiro sítio arqueológico que expõe um pouco da pré-história brasileira, ou seja, um lugar único em um país gigantesco como o nosso!

Como chegar no Parque da Serra da Capivara?

A administração do parque fica localizada na cidade de São Raimundo Nonato, aproximadamente 400 Km de Petrolina e 510 Km da capital Teresina. O acesso pode ser feito por diversos transportes, seja por via terrestre ou por via área. Confira as dicas abaixo!

De carro

De Teresina, basta pegar a BR 316 por cerca de 90 Km e sair na BR 343 até a cidade de Floriano. Dali, pegar a PI 140, sentido Raimundo Nonato. Todo esse trajeto é asfaltado e em boas condições de segurança para os motoristas. Além disso, há sinalização suficiente para que nenhum turista erre o caminho.

Já quem vem de Brasília de carro, o acesso se dá pela BR 020 até a cidade de Luís Eduardo Magalhães, na Bahia e, de lá, segue para Barreira por meio da BR 242, até a saída para a BR 135, passando por Riachão das Neves-BA, Corrente-PI, Bom Jesus-PI e Eliseu Martins.

Depois disso, se chega na PI 248 e segue sentido Canto do Buriti (PI). Dessa cidade, é que se tem a ligação direta para Raimundo Nonato, por meio da PI 140.

Para quem parte de Petrolina (PE), existem duas opções. A primeira é via Remanso, na Bahia. No entanto, alguns trechos são recomendáveis apenas com veículos 4×4, devido às condições da estrada. A segunda opção é pela BR 407, passando por Afrânio (PE).

Nesse caso, após passar o posto fiscal de Pipocas (PI), basta seguir sentido Queimada Nova, até chegar em São João do Piaui. Dali, deve-se pegar a BR 020 até São Raimundo Nonato ou, se preferir, acessar o parque também por Coronel José Dias.

De avião

Sim, é possível chegar no Parque da Serra da Capivara (PI) de avião. Tudo graças à construção, em 2015, do aeroporto da cidade de São Raimundo Nonato. Apesar da notícia, infelizmente, a frequência de voos é bem baixa e com aviões que partem, na maioria das vezes, de Teresina.

Traslados e passeios

Quem busca mais conforto e tranquilidade na hora de viajar, sem dúvidas, a melhor opção é contratar uma empresa que realize serviços de translado ou mesmo que opere alguns passeios na região. Com certeza, todo o investimento é compensado pela economia de tempo e por aproveitar lugares que só se aproveita ao lado de um guia local.

O que fazer no Parque da Serra da Capivara (PI)?

serra-da-capivara

Os atrativos do parque são muitos. Desde pinturas rupestres à paisagens inimagináveis de rochas e paredões de arenito. São diversos circuitos que podem ser feitos em torno de 6 dias. Uma excelente pedida para os amantes da natureza e do turismo de aventura. Veja como aproveitar a visita!

Sítios arqueológicos e históricos

O Parque da Serra da Capivara (PI) concentra, atualmente, o maior número de pinturas rupestres das Américas, com mais de mil sítios cadastrados, dos quais pelo menos 173 são abertos para visitação. Entre grutas e paredões, diversos registros gráficos e vestígios apontam para a existência de vidas pré-históricas no local, que até hoje são fontes de muitos estudos arqueológicos.

Trekkings e pedaladas

Quem gosta de suar a camisa, não pode deixar de aproveitar as infinitas trilhas que o parque oferece. Entre mirantes, cânions, grutas e paredões, é possível caminhar ou pedalar por diferentes caminhos, com vários níveis de moderação. Alguns exemplos de atrativos imperdíveis nessas modalidades são o Caldeirão do Rodrigues, a Trilha dos Veadinhos Azuis e a dos Maniçobeiros.

É importante ressaltar que, quem pretende praticar o cicloturismo, precisa levar a própria bike, já que o parque ainda não disponibiliza aluguel.

Pedra Furada

Sem dúvidas, essa é a marca registrada do Parque da Serra da Capivara (PI). A gigantesca parede de arenito, com um enorme buraco no meio é um dos cenários mais encantadores do lugar. O melhor de tudo é que o atrativo pode ser observado de diversos ângulos, graças aos diferentes mirantes espalhados pela região. Pode preparar um cartão de memória extra para a máquina fotográfica!

Enfim, essas são algumas das dicas imperdíveis do que o Parque da Serra da Capivara (PI) reserva aos seus visitantes. Pode ter certeza que tudo o que escrevemos aqui não representa nem metade do que o local oferece. Se você duvida, pode preparar a mala e tirar as conclusões por conta própria, afinal, não é à toa que o Piauí se torna cada vez mais um destino de aventureiros do Brasil inteiro!

Curtiu? Ficou com vontade de explorar esse paraíso? Então, compartilhe agora mesmo esse artigo nas suas redes sociais e mostre para os amigos o que há de melhor no estado do Piauí. Quem sabe alguém não se anima de partir junto?

Serra da Capivara: conheça a Rota Pré-Histórica

Se por um lado o passeio da Serra da Capivara inclui visita às cavernas e aos lagos subterrâneos. Por outro lado, é possível dar uma esticadinha no roteiro de viagem e acrescentar: Sete Cidades e o Delta do Parnaíba ao tour.

Esse pacote turístico barato dura 7 dias e passa por Petrolina, São Raimundo Nonato, Teresina e, assim, chega ao Delta do Parnaíba. O mais importante, além da incrível descoberta cultural, é que os baratos traslados são super fáceis.

É fato que contar com uma equipe bem preparada, por exemplo a Eco Adventure Tour, para te ajudar a encontrar o melhor roteiro de viagem faz toda a diferença na hora de planejar o seu pacote para Serra da Capivara e curtir a vibe dos cânions piauienses!

Principalmente, quando você quer ter uma viagem econômica, hospedagem receptiva e explorar o ecoturismo de vivência, sem abrir mão da aventura e de passeios inesquecíveis, certo ??

Passeios: aos “cânions” na Serra da Capivara.

Que a Serra da Capivara guarda encantos e o estilo de vida das civilizações antigas americanas, isso não é segredo para ninguém! No entanto, uma grande curiosidade dos turistas é: quais são os principais vestígios arqueológicos encontrados na Serra da Capivara?

Pois bem, sem querer “dar spoilers”, mas adiantando um pouquinho do que você encontrará por lá, temos: ferramentas e objetos feitos de pedra, artes cerâmicas domésticas e para decoração. E, claro, as fantásticas pinturas rupestres!

Em outras palavras: a chance de viver (de verdade!) a experiência única de observar e interpretar como os nossos ancestrais se comportavam – pasmem – há 12 mil anos. Ou seja, é muita história para contar ?

E assim, em Serra da Capivara curtir a vibe dos “cânions” piauienses.

Serra da Capivara: Circuito Baixão da Pedra Furada

Enfim, no parque os passeios que mais atraem os visitantes são os circuitos. Portanto, não deixe de conferir o Circuito Baixão da Pedra Furada, já que é o mais famoso dentre eles.

Ali foram encontrados vestígios de uma fogueira datada de 50 mil anos. Além disso, os passeios vão desde uma caminhada com destino a um ponto onde é possível ter uma vista panorâmica sublime até a subida ao Alto da Pedra Furada.

Serra da Capivara: Circuito do Desfiladeiro da Capivara

Já no Circuito do Desfiladeiro da Capivara vale a pena fazer uma caminhada (entre os paredões rochosos) no fundo do vale até a vista panorâmica do Sítio Toca da Entrada do Baixão da Vaca.

Após isso, dá para visitar a Toca do Paraguaio, Toca do Barro, Toca do Inferno, Toca da Entrada do Pajaú e a Toca Nova da Estrada. O único ponto de alerta é que essa área é de nível médio de dificuldade. Então, “Bora lá” se exercitar!

Serra da Capivara: trilha Hombu

A trilha Hombu, certamente, não poderá faltar no roteiro de viagem dos aventureiros. Pois, o grau de dificuldade dos visitantes é bem elevado, justamente porque, o desafio é subir uma escada cravada na fenda da rocha e, só assim, chegar ao topo da chapada.

No entanto, te garanto que a surpreendente vista panorâmica do Parque Nacional Serra da Capivara, compensará cada esforço realizado. Combinados ??

Agora, se você é da “tribo dos amigos da praticidade”, uma boa opção ao explorar os Circuitos Esportivos da Chapada é contar com a potente 4X4. Ou seja, você intercalará com maior comodidade os momentos de aventura e descanso.

Consequentemente, escolher uma operadora de ecoturismo especializada em pacotes para a Serra da Capivara é a melhor solução para sua viagem não se transformar em decepção. Por isso, fala com a galera da Eco Adventure Tour.

Qual é a melhor época para visitar o parque?

Durante os meses de novembro a maio, as chuvas tomam conta da região. O clima nessa época do ano é mais ameno e, por isso, a vegetação ganha uma cor mais intensa com mais flores e folhas.

Nos meses de maio e julho, a vegetação adquire aspecto mais voltado para o outono, com a coloração de tons vermelhas, amareladas e marrons, ideal para turistar e tirar belas fotos. Já os meses de agosto e novembro formam o período da seca, quando o ambiente fica mais desértico e a vegetação começa a perder as folhas.

O que levar na mala?

Como essa viagem oferece bastante contato com a natureza, os itens que você deve levar na mala devem ser úteis para o seu passeio. Para não esquecer nenhum deles, faça uma lista com tudo que você não pode esquecer.

Alguns utensílios não podem faltar na sua mala de viagem para a Serra da Capivara. Veja:

  • roupas ideais para caminhada;
  • tênis confortável;
  • chapéu;
  • óculos de sol;
  • protetor solar;
  • câmera fotográfica.

Passar férias na Serra da Capivara é a oportunidade para quem quer ter mais contato com a natureza, fugir do dia a dia, da rotina e do estresse das cidades grandes. Portanto, como vimos, quando você for fazer esse passeio, existe uma grande quantidade de atividades que você não pode deixar de fazer!

Passo a passo para montar um roteiro na Serra da Capivara

O primeiro passo para conseguir organizar uma viagem incrível e montar um roteiro na Serra da Capivara é se atentar a todos os detalhes do passeio.

Defina as datas

Para começar a montar o seu roteiro na Serra da Capivara, defina as datas da viagem.

Se você gostaria de ter um momento mais tranquilo, com menos pessoas, a dica é optar por datas de baixa temporada.

Uma vantagem desses destinos é a possibilidade de visitá-los em qualquer época do ano, pois a temperatura e o clima são sempre agradáveis.

Defina o orçamento

O próximo passo é definir o orçamento. Ter em mente quanto você gostaria de investir nessa viagem é o que irá nortear as próximas escolhas, como transporte, hospedagem e passeios.

Defina as formas de transporte

Se você estiver animado a fazer um roteiro pela Rota das Emoções ou quer incluir mais destinos na sua visita à Serra da Capivara, é preciso se lembrar dos traslados na hora de definir as formas de transporte.

Veja qual é a melhor forma de sair do seu local e chegar até o destino, e quais são as melhores formas de transporte entre as cidades que você irá visitar.

Defina a hospedagem

Assim como os transportes, é interessante também considerar todas as formas de hospedagem em todos os destinos da viagem.

Também é preciso organizar quais serão os dias em cada cidade, para conseguir realizar as reservas com mais eficiência.

Defina os passeios

Ao visitar a Serra da Capivara, é interessante também acrescentar outros destinos no roteiro.

Como dito anteriormente, emendar com o Delta do Parnaíba pode ser uma alternativa. Além disso, é possível encaixar o passeio até essa região dentro de uma viagem para Rota das Emoções.

A Rota das Emoções passa pelo Ceará, Piauí e Maranhão, permitindo então que você encaixe uma visita à Serra da Capivara dentro do seu roteiro pelo Piauí.

Conte com o apoio de uma agência de turismo especializada

Para ter mais facilidade durante a organização da viagem e, sem dúvidas, conseguir valores mais interessantes, conte com o apoio de uma agência de turismo especializada.

As agências auxiliam na montagem do roteiro, desde o momento da decisão das formas de transporte e hospedagem, até os passeios (datas, tickets, reservas, etc.).

Conhecendo a Serra da Capivara

Conhecendo a Serra da Capivara 

Para conhecer a Serra da Capivara, existem 14 possíveis circuitos para os visitantes, e é importante que esses passeios sejam realizados com a companhia de um guia autorizado.

A entrada para o parque é paga, e é preciso que os visitantes cheguem já acompanhados de um guia autorizado – não é possível contratar um guia na entrada do parque.

O parque possui tantos passeios que poderia render até quatro dias de visita, caso você queira ver absolutamente tudo o que está disponível no local.

Para quem está com pressa, não se preocupe: ir aos locais preferidos e mais famosos do parque já garante passeios incríveis.

É interessante também conhecer o Museu do Homem Americano, que também possui um valor de entrada a ser pago para realização da visita.

O Museu da Natureza na Serra da Capivara está entrando no roteiro dos apaixonados por história, evolução e natureza.

O espaço foi planejado em um edifício circular, em espiral, com 12 salas que mostram a evolução geológica e paleontológica de todo o planeta.

Um diferencial incrível do Museu da Natureza é a possibilidade de interagir com alguns eventos, que contemplam a origem da vida no planeta até os momentos atuais.

Petrolina e Juazeiro são dois destinos que valem a pena para o roteiro na Serra da Capivara: visuais incríveis, uma bela paisagem, uma orla maravilhosa e um centro histórico riquíssimo em cultura e experiências inesquecíveis.

Como a Eco Adventure pode ajudar a montar um roteiro na Serra da Capivara?

A Eco Adventure é uma agência de turismo especializada em turismo de aventura e na Rota das Emoções.

Por conhecer toda a região, os profissionais são capazes de auxiliar os seus clientes a montarem o melhor roteiro na Serra da Capivara ou por toda a Rota das Emoções de acordo com as necessidades e preferências de cada viajante.

Além disso, uma outra vantagem de fechar sua viagem com a Eco Adventure é a possibilidade de conquistar condições melhores para passeios, transporte e hospedagens: com o foco em fomentar o comércio e o turismo na região, a Eco Adventure possui contatos com parceiros e fornecedores de qualidade, com valores mais acessíveis, para melhorar ainda mais a experiência dos clientes nos passeios.

Quer saber mais e descobrir como podemos te ajudar a montar seu roteiro na Serra da Capivara e pela Rota das Emoções?

Entre em contato conosco.

Você também pode gostar

Deixe um comentário