Conheça as praias mais populares do Nordeste: da Bahia ao Maranhão! - Blog Rota das Emoções: O melhor sobre a Rota das Emoções
Conheça as praias mais populares do Nordeste: da Bahia ao Maranhão!

Areias brancas, águas azuis e cristalinas, palmeiras esvoaçantes e paisagens paradisíacas que parecem saídas de um filme. Cancún? Bora Bora? Nada disso, estamos falando mesmo é das praias do Nordeste, oásis brasileiros que oferecem opções de turismo, lazer e divertimento para todos os estilos.

Da Bahia ao Maranhão, as praias nordestinas estão entre as mais bonitas do mundo. Além de muito contato com a natureza, os turistas da região podem desfrutar de vilas tranquilas, da boa gastronomia regional, de points badalados, de passeios de aventura e muito mais.

Quer conhecer um pouco mais sobre esses paraísos brasileiros? Continue a leitura!

1. Por que escolher as praias do Nordeste?

Quando se fala em destinos paradisíacos, muita gente logo associa alguns lugares internacionais, como os que citamos no começo do texto. Mas a verdade é que o Brasil guarda tesouros tão — ou até mais — encantadores do que esses. E, é claro, boa parte deles fica no Nordeste.

Ao escolher as praias do Nordeste, você garante uma viagem repleta de cenários fascinantes, ao mesmo tempo em que desfruta de uma gastronomia deliciosa e conhece uma cultura incrível. Tudo isso sem precisar se preocupar com algumas burocracias das viagens internacionais, como documentação e conversão de moedas.

2. Afinal, quais são as praias mais bonitas do Nordeste?

O Nordeste é privilegiado com diversas praias deslumbrantes, mas algumas delas já ganharam fama e destaque (até mesmo no cenário internacional), por conta de suas belezas naturais. Conheça algumas delas:

2.1 Jericoacoara (Ceará)

A aproximadamente 300 km da capital cearense, Fortaleza, Jericoacoara é um dos refúgios nordestinos mais famosos de todo o mundo. O destino já figurou, várias vezes, em rankings internacionais das praias mais belas do planeta, e não é para menos.

Entre os principais atrativos de Jeri, como é carinhosamente apelidada, figuram a Pedra Furada e a duna do pôr-do-sol, ponto de encontro de quase toda a vila ao fim do dia. Além disso, a vila também conhecida por atrair amantes do ecoturismo e de esportes de aventura, como o kitesurf.

Provavelmente, você já viu algumas fotos na internet de redes suspensas sobre uma lagoa de águas cristalinas, não é mesmo? Pois se trata da Lagoa do Paraíso, e, acredite: é tão relaxante quanto parece.

2.2 São Miguel do Gostoso (Rio Grande do Norte)

Nos últimos anos, essa pequena vila de pescadores tem ganhado cada vez mais destaque no cenário do turismo nacional. Com apenas cerca de 10 mil habitantes, o lugar é destino certo para quem quer descansar e aproveitar o contato com a natureza sem abrir mão do conforto.

Mesmo com o crescente fluxo turístico, a cidade ainda preserva seu clima bucólico e interiorano, com ruas de areia, onde se pode andar descalço e conversar com os moradores locais. Bem no centro da vila, o destaque fica para um tamarineiro centenário e uma pequena igrejinha antiga.

2.3 Barra Grande (Piauí)

Com areias fofas e mar de beleza indescritível, esse pequeno paraíso do Piauí é privilegiado com belezas naturais fascinantes e é o destino ideal para os fãs do ecoturismo. A 400 km da capital do estado e apenas 65 km de Parnaíba, o destino também já é um famoso ponto de encontro dos praticantes de kitesurf e windsurf, por conta de seus ventos favoráveis a esse tipo de atividade.

Lá, os iniciantes também podem se aventurar por esses esportes, já que, nos pontos de maior movimentação, é possível encontrar algumas escolinhas de módulo básico, ideal para quem quer aproveitar as férias para conhecer uma nova atividade.

O combo tranquilidade e paisagens de tirar o fôlego também tem feito de Barra Grande um dos destinos preferidos dos casais para viagens românticas. A gastronomia regional é outro destaque, com pratos típicos e também um pouco da culinária contemporânea

3. Que praias cada estado tem para oferecer?

Além dos paraísos turísticos que mostramos anteriormente, há muitos mais locais incríveis para conhecer no Nordeste. Conheça as opções de litoral de cada estado:

3.1 Praias da Bahia

Japara Grande (Cumuruxatiba)

Um vilarejo da cidade de Prado, Cumuruxatiba se tornou um dos destinos baianos mais procurados da alta temporada. Entre os seus mais belos atrativos, está Japara Grande, uma das praias mais bonitas do Nordeste. A região costuma ser bem vazia e é enfeitada por diversas falésias coloridas.

A areia é cortada pelo rio de mesmo nome, o que faz com que a praia tenha duas ótimas opções para banho. Os mais aventureiros podem, ainda, aproveitar de um voo de parapente sobre a região.

Itacarezinho (Itacaré)

Com uma extensa faixa de areia e águas agitadas, Itacarezinho é um dos pontos preferidos para os surfistas da região. Quase sempre deserta, a praia é um verdadeiro oásis natural, com coqueiros e recifes.

Taipu de Fora (Barra Grande)

A cerca de 55 km de Barra grande, o acesso à praia da Taipu de Fora é feito apenas por barco, o que ajuda a preservar o aspecto bucólico do local. Os vários recifes e corais propiciam o habitat ideal para um paraíso de vida marítima e, por isso mesmo, é um dos melhores lugares para mergulho em todo o país.

3.2 Praias do Sergipe

Praia da Costa (Barra dos Coqueiros)

Uma dos pontos turísticos mais bonitos de Sergipe, a Praia da Costa fica em Barra dos Coqueiros. A areia é bem extensa, e as águas mornas e levemente agitadas fazem com que o destino seja um dos mais procurados da região durante a alta temporada.

Além de relaxar bastante e curtir o sol e o mar, quem visita a Praia da Costa também pode se aventurar em esportes náuticos. Os bares da região são bem estruturados e oferecem diversas opções de entretenimento durante os períodos de maior movimento.

Foz do Rio São Francisco (Piaçabuçu)

De um lado do rio, Sergipe. Do outro, Alagoas. À frente, o mar. Esse é o cenário que se encontra na Foz do Rio São Francisco, um dos destinos mais bonitos e emocionantes de todo o Nordeste.

O Grande Chico é um dos rios mais importantes do país. Nasce na Serra da Canastra, em Minas Gerais, cruza a Bahia e deságua no mar, na divisa entre Sergipe e Alagoas. Para chegar até o local, o melhor método é um passeio de barco, que sai do cais do município de Piaçabuçu. O trajeto é de, aproximadamente, 45 minutos.

No destino final, o encontro das águas doces e salgadas performa um verdadeiro espetáculo da natureza, emoldurado por areias brancas e vegetação natural. O local não possui uma grande infraestrutura, mas é possível encontrar algumas barraquinhas de comidas típicas e artesanato.

3.3 Praias de Alagoas

Praia do Patacho (São Miguel dos Milagres)

Essa praia fica um pouco afastada do centro do município de São Miguel dos Milagres, mas é, sem dúvidas, um destino imperdível. O local é praticamente intocado pelo homem e parece tirado diretamente de um filme. Para curtir um dia no Patacho, é essencial levar alguns lanches e bebidas, já que o lugar não possui quiosques e é praticamente impossível encontrar um vendedor ambulante.

Praia de Japaratinga (Japaratinga)

Vizinha da famosa Maragogi, Japaratinga é uma vila de pescadores que concentra incríveis belezas naturais em meio à tranquilidade de um vilarejo interiorano. As águas cristalinas são propícias para mergulhos e para a observação de corais, e as praias costumam ser bem vazias.

Com uma boa infraestrutura de pousadas e restaurantes, o local é bem central e é o assentamento ideal para quem quer conhecer outras praias da região.

3.4 Praias de Pernambuco

Baía do Sancho (Fernando de Noronha)

O arquipélago foi eleito várias vezes como o mais bonito do mundo. Além das águas cristalinas, o destaque também vai para a fauna e a flora do local. Tanto que, para preservá-las, o turismo de Noronha é bastante controlado: os visitantes precisam respeitar as regras ambientais da ilha.

Muro Alto (Porto de Galinhas)

Na maré baixa, o mar de Porto de Galinhas se enche de piscinas naturais, ideais para mergulho e para a observação de corais. A cidadezinha ainda oferece ótimas opções de restaurantes e diversão noturna, com bares e shows que podem durar a noite inteira.

São várias as opções de praias paradisíacas, mas é em Muro Alto que estão instalados os melhores restaurantes e resorts que deram fama ao local.

3.5 Praias da Paraíba

Tambaba (Conde)

Essa é uma das praias mais famosas da Paraíba. Ela é dividia em duas partes. Na primeira, que é menor, os turistas vestidos têm direito a uma pequena piscina de água natural, em meio às estruturas de pedras.

Por ali, uma portaria dá acesso à segunda parte, onde o naturismo é a prática adotada. Apenas os nudistas são bem-vindos nesse trecho, de aproximadamente 300 metros de faixa de areia, emoldurado por uma falésia fascinante. Quem quiser registrar o momento deve fazer isso de um mirante na entrada da praia, já que as fotos não são bem aceitas.

Cabo Branco (João Pessoa)

Na capital da Paraíba, Cabo Branco é uma praia de águas mornas e tranquilas e belas falésias. Com uma boa estrutura de barraquinhas e quiosque, o destino é ideal para quem quer curtir um dia de praia, relaxar à sombra ou aproveitar de um belo banho de sol.

Praia do Jacaré (Cabedelo)

A apenas 11 quilômetros de João Pessoa, essa é uma das praias de rio mais famosas do estado. É lá que os turistas e moradores se reúnem para apreciar um pôr-do-sol de tirar o fôlego, embalados por uma figura conhecida da região: o Jurandy do Sax, que, de dentro de uma canoa, encanta a todos com as notas entoadas de seu instrumento.

3.6 Praias do Rio Grande do Norte

Praia de Galinhos (Galinhos)

Essa encantadora vila de pescadores é um dos poucos destinos turísticos que mantêm as suas características originais. Muito disso se deve a sua geografia, já que o vilarejo foi construído em uma península isolada por dunas móveis de areia.

Sem resorts sofisticados ou bares badalados, Galinhos é o destino certo para quem quer descansar. A praia principal é extensa, com um mar de tons azuis intensos e piscinas naturais. Com certeza, um paraíso escondido para quem quer relaxar e desfrutar da simplicidade mágica da natureza.

Praia do amor (Pipa)

Em formato de coração, a Praia do Amor é a preferida de turistas e moradores de Pipa. O local possui uma boa infraestrutura de quiosques, a faixa de areia é bastante extensa e o mar é esverdeado e repleto de piscinas naturais.

Além da Praia do Amor, Pipa ainda possui diversas outras praias belíssimas, como a do Curral e a das Minas, ponto conhecido de desova de tartarugas marinhas.

Praia de Ponta Negra (Natal)

Com certeza, você já viu por aí uma imagem bem característica de Natal: um pedaço “careca” de duna de areia, cercado de vegetação rasteira. Trata-se do Morro do Careca, na praia de Ponta Negra, um dos pontos mais visitados da capital do Rio Grande do Norte.

O ponto atrai turistas de todos os estilos, desde famílias até os mais aventureiros. Lá, o mar é propício para banhos e também para a prática de esportes como windsurf, kitesurf e stand-up paddle.

3.7 Praias do Ceará

Praia de Guajiru (Trairi)

A apenas 134 quilômetros da capital Fortaleza, o município de Trairi é sossegado e pacato. A praia de Guajiru fica em um afastado e pequeno vilarejo de pescadores, o que garante um clima ainda mais reservado.

Cercada de coqueiros e dunas de areia branca, a Praia de Guajiru preserva suas belezas nativas, com piscinas mornas de águas naturais e um mar bem calmo. Com um pôr-do-sol de tirar o fôlego, é definitivamente um dos tesouros entre as praias do Nordeste.

Canoa Quebrada (Aracati)

Cerca de 15 quilômetros separam o vilarejo de Canoa Quebrada do centro de Aracati. Nos anos 1970, essa pacata vila de pescadores foi descoberta pela comunidade e se tornou um dos destinos mais “paz e amor” de todo o país.

Hoje um dos destinos mais procurados por quem vai viajar para o Ceará, Canoa Quebrada recebeu algumas infraestruturas que facilitam a vida da população local, como asfalto e eletricidade, mas ainda conserva a sua alma de reduto alternativo.

O passeio de bugue permite conhecer melhor toda a região, apreciar a vista composta por jangadas coloridas e descobrir alguns tesouros, como pequenas casinhas abandonadas de pescadores nos pontos mais afastados.

Praia do Maceió (Camocim)

A uma distância de 373 quilômetros de Fortaleza, Camocim é um dos últimos refúgios realmente desertos entre as praias do nordeste. O acesso à região é difícil — feito a barco ou em veículos especiais. Na Praia do Maceió, é quase impossível conseguir sinal de celular ou internet, incentivando o turista a se desligar, de vez, das preocupações do cotidiano.

3.8 Praias do Maranhão

Ilha das Canárias (Araioses)

A Ilha das Canárias faz parte de um arquipélago surpreendente na divisa do Maranhão com o Piauí (formado por 80 ilhas). Essa área de preservação ambiental ainda é um destino desconhecido para os brasileiros: grande parte dos visitantes do local vêm de outros países.

De areias brancas e águas mornas e cristalinas, com dunas a perder de vista, florestas suspensas que nascem do mar e animais de várias espécies, esse paraíso natural é o destino ideal para os amantes do ecoturismo.

Queimada dos Britos (Santo Amaro)

No coração do Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses, a Queimada dos Britos é uma praia singular. Primeiro, por não ter mar: é uma praia de lagoa. Esse pequeno oásis rodeado de areia tem também uma história bem original, já que sua população é formada quase toda por parentes — o casamento entre primos é muito comum por lá.

Sem energia elétrica, o maior lazer da população local é a conversa sob a luz de lamparinas e o banho na lagoa.

Olho D’água (São Luís)

Uma extensa faixa de areia dourada, águas calmas e vegetação abundante. O cenário pode parecer bem rústico, mas essa praia urbana fica em São Luís, capital do Maranhão e uma das cidades históricas do Nordeste.

Atins (Barreirinhas)

No limite do Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses, Atins é um das praias mais alternativas do Maranhão. Esse pequeno vilarejo de pescadores fica na confluência do rio com o mar e permite que os turistas desfrutem de uma paisagem incrível com muita tranquilidade.

Barreirinhas é conhecida por ser a porta de entrada dos Lençóis Maranhenses, um dos lugares mais bonitos de todo o Brasil.

4. Qual o segredo do litoral do Piauí e do Delta Parnaíba?

O Piauí é um dos estados com maior potencial turístico do país. Isso acontece, porque, além de ter algumas das mais belas praias do Nordeste, o estado possui uma cultura riquíssima e ainda guarda destinos paradisíacos e inexplorados pelo grande público.

Sabendo disso, achamos justo fazer esta seção especial para falar só das praias piauienses. Veja só:

4.1 Praia do Itaqui

A Praia do Itaqui é uma das mais tranquilas do Piauí. Tanto que, na baixa temporada, a maioria dos frequentadores dessa praia é formada por pescadores e moradores.

Com algumas das únicas dunas fixas do estado, durante a alta temporada, a praia atrai diversos turistas para um banho de mar relaxante, prática de kite surf e stand up paddle ou um dia de praia agradável em meio a uma natureza esplendorosa.

4.2 Praia de Carnaubinha

Outra praia imperdível do município de Luis Correia é Carnaubinha. Recebe esse nome por ser repleta de carnaúbas, uma árvore típica da região. A praia selvagem abriga um cenário quase intocado pelo homem, com dunas imponentes e piscinas naturais.

4.3 Praia de Macapá

Apenas o rio Camurupim separa a Praia de Macapá da vizinha Barra Grande. De beleza similar, essa irmã menos conhecida é um dos destinos mais cobiçados pelos kite surfistas.

Na maré baixa, alguns bancos de areias permitem a formação de piscinas naturais, ideais para tomar um banho e relaxar ao sol. Outra grande atração da praia é a presença de cavalos marinhos, que podem ser observados no seu habitat natural!

4.4 Praia dos Poldros (Parnaíba)

Com águas doces e salgadas, a Praia dos Poldros é uma das mais encantadoras do Delta do Parnaíba. No encontro do rio de mesmo nome com o mar, dependendo da maré, as águas podem ser salgadas, salobras ou, até mesmo, completamente doces.

As riquezas naturais não param por aí: o local é cercado por dunas e manguezais que propiciam um cenário fascinante, imperdível para os amantes da natureza. Para quem quer desfrutar de toda essa beleza, são várias as opções de passeio, como barco, triciclo e longas caminhadas.

A região do Delta do Parnaíba é repleta de praias paradisíacas, como as do Coqueiro, Pedro do Sal e Atalaia.

5. Como planejar sua viagem para o Nordeste?

O Nordeste é uma região muito rica, tanto em atrativos naturais quanto culturais, por isso, é bem difícil visitar toda a área com apenas uma viagem. Para desfrutar de toda a sua riqueza, é recomendável que você separe as visitações em alguns roteiros menores e pacotes predefinidos, como a Rota das Emoções.

Veja algumas dicas básicas para planejar a sua viagem para o Nordeste:

5.1 Defina um orçamento

Estabelecer um teto de gastos e um orçamento diário é essencial para que você possa procurar pousadas, passeios e restaurantes sem extrapolar o seu limite. É o primeiro passo para planejar uma boa viagem.

4.2 Pesquise bastante sobre os destinos

Para viajar com segurança e tranquilidade, é muito importante pesquisar sobre os destinos que você tem interesse. Saiba que tipo de infraestrutura cada um dos locais oferece e se o perfil do lugar atende ao tipo de turismo que você está buscando.

4.3 Contrate uma agência especializada

Quando se pensa em viajar para lugares mais afastados e remotos, como são muitas das praias do Nordeste, é interessante ter ajuda especializada para planejar a sua viagem. Além de lhe ajudar a conhecer melhor os destinos, os profissionais poderão intermediar o seu contato com a comunidade local, oferecer formas de transporte alternativo e apresentar curiosidades que você dificilmente teria acesso viajando sem apoio.

6. O que não se pode perder na viagem ao Nordeste?

O Nordeste é uma região imensa e bastante plural. Ela é composta por nove estados com tradições e costumes bem distintos entre si, o que faz com que o destino seja de uma imensa riqueza cultural.

Dessa forma, ao viajar para o Nordeste, além de aproveitar as praias, você não pode deixar de lado algumas experiências singulares, que vão fazer com que você volte das suas férias com muita história para contar. Visite as feiras de artesanato locais, converse com os moradores e desfrute bem da culinária do Nordeste!

Com certeza, o destino tem tudo para ser o cenário das suas próximas férias. As praias do Nordeste são carregadas de beleza e tranquilidade e oferecem muita diversão, além de serem cercadas pela incrível cultura nordestina. A receita ideal para a viagem perfeita, não é mesmo? Então, compartilhe este artigo nas redes sociais e motive os amigos que vão embarcar nessa aventura com você!

Avatar
Carolina Sena

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Share This